Mundo

Futebolista Benjamin Mendy suspeito de mais dois crimes de violação

Jason Cairnduff

O Manchester City suspendeu o jogador até à resolução do caso.

O futebolista internacional francês Benjamin Mendy, detido preventivamente desde final de agosto por suspeita de crimes de violação e abuso sexual, foi esta terça-feira acusado de mais dois crimes, anunciou a justiça inglesa.

Benjamin Mendy, colega de equipa dos portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva no Manchester City, deverá, de acordo com a mesma fonte, ser ouvido em tribunal na quarta-feira, sobre estas duas novas acusações.

O defesa internacional francês, de 27 anos, que, caso se confirmem estas suspeitas, passará a estar acusado de seis crimes de violação e um de abuso sexual, está detido preventivamente desde 26 de agosto por suspeita de quatro crimes de violação e um de abuso sexual, alegadamente ocorridos entre outubro de 2020 e agosto de 2021, e deverá começar a ser julgado em 24 de janeiro de 2022.

O Manchester City suspendeu o jogador, que já viu a justiça negar-lhe vários pedidos de libertação sob fiança, até à resolução do caso.

Saiba mais: