Mundo

Organização portuguesa nos EUA desafia homens a agir contra violência doméstica

Organização portuguesa nos EUA desafia homens a agir contra violência doméstica

Em causa está a campanha do “White Ribbon Day”, que decorrerá ao longo do mês e que promove uma série de eventos de divulgação e educação.

A Aliança de Falantes de Português de Massachusetts (MAPS, sigla em inglês), nos Estados Unidos da América, desafiou homens da comunidade a “reimaginar a masculinidade”, numa campanha de sensibilização para o fim da violência doméstica contra mulheres.

Em causa está a campanha do “White Ribbon Day” (Dia do Laço Branco, na tradução para português), que decorrerá ao longo deste mês e que promove uma série de eventos de divulgação e educação, convidando homens e meninos a fazerem parte da solução para acabar com a violência contra mulheres e todas as formas de violência de género.

“Encorajamos os homens nas nossas comunidades a assumir o compromisso do ‘White Ribbon Day’ e prometemos não ficar calados sobre a violência contra as mulheres e toda a violência baseada no género”, defendeu Dulce Ferreira, diretora do programa de violência doméstica e agressão sexual da MAPS, citada no site da organização.

“É muito importante lembrar que todos nós somos responsáveis por garantir a dignidade, a segurança e o bem-estar de mulheres e meninas”, acrescentou.

Entre as ações agendadas estão visitas a barbearias e a igrejas, onde membros da MAPS se encontrarão com grupos de paroquianos do sexo masculino e os incentivarão a assumir o compromisso da campanha: “Deste dia em diante, prometo ser parte da solução para acabar com a violência contra as mulheres e toda a violência de género”.

Além disso, estão também previstas ações e debates virtuais, com ativistas que trabalham para promover a justiça de género.

A vertente online permitirá à campanha estender-se por várias cidades, como Boston, capital estadual, onde estão agendadas conversas virtuais com o Conselho de Cidadãos de Boston (CCB), uma organização que defende os emigrantes brasileiros na região.

Na prática, a estratégia da campanha passa por abordar o impacto de valores tóxicos como a dominação, agressão, controlo sexual e outros abusos de poder, e o que é que esses valores ensinam sobre relacionamentos, integridade corporal e autonomia, respeito e justiça.

Assinala-se este ano o 15.º aniversário do “White Ribbon Day”, uma campanha internacional de direitos humanos iniciada em 1991, no segundo aniversário do massacre de 14 mulheres por um homem em Montreal (Canadá), e que visa instar os homens a se manifestarem contra a violência contra as mulheres.

A campanha foi fundada pela Jane Doe Inc, uma coligação estadual de Massachusetts contra a violência doméstica e agressão sexual.

Últimas Notícias
Mais Vistos