Mundo

Papa Francisco manda publicar arquivos sobre perseguição a judeus no Holocausto

23.06.2022 17:11

VATICAN CITY, VATICAN – JUNE 22: Pope Francis arrives in St. Peter’s Square for his general weekly audience on June 22, 2022 in Vatican City, Vatican. In his greetings in Italian at the end of the Audience, the Pope urged everyone to remember Ukraine, as Russia’s invasion grinds on. (Photo by Franco Origlia/Getty Images)

Incluem pedidos de ajuda enviados por judeus de “toda a Europa” a Pio XII.

O Papa Francisco ordenou a publicação na internet de milhares de arquivos sobre a perseguição dos judeus no Holocausto, durante o pontificado de Pio XII (1939-1958), tradicionalmente acusado de ter sido fraco face aos crimes.

Os documentos estarão virtualmente “acessíveis a todos” no próprio portal do Vaticano a partir deste mês, avançou a Santa Sé, e incluem os pedidos de ajuda enviados por judeus de “toda a Europa” a Pio XII.

Em março de 2020, Francisco decidiu dar a académicos acesso aos arquivos do pontificado de Pio XII, parte do qual decorreu durante a II Guerra Mundial (1939-1945), mas agora passa a ser permitido o estudo de 170 volumes e quase 40.000 documentos a qualquer utilizador da internet.

No entanto, inicialmente apenas 70% do material será publicado, já que o resto ainda não está digitalizado.

O material, que inclui cartas, requerimentos e dados com o nome e a identidade dos remetentes, “vai permitir aos descendentes daqueles que pediram ajuda procurar, em qualquer lugar do mundo, os vestígios dos seus entes queridos”, explicou o secretário do Vaticano para as Relações com os Estados, Paul Richard Gallagher.

Com LUSA

Últimas Notícias