Mundo

Tempestade tropical Meari atinge Japão com fortes chuvas e vento

Tempestade tropical Meari atinge Japão com fortes chuvas e vento
STR
Mais de 72 mil pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas.

Mais de 72 mil pessoas receberam este sábado ordem para abandonar as suas casas devido ao risco de deslizamentos de terra no sul do Japão, devido às fortes chuvas causadas pela tempestade tropical Meari.

Segundo as autoridades meteorológicas japonesas, após chegar à principal ilha japonesa, Honshu, por volta do meio-dia (05:00 em Lisboa), Meari dirige-se para norte em direção à capital, Tóquio, a uma velocidade de cerca de 20 quilómetros por hora.

A Agência Meteorológica do Japão tinha alertado que a tempestade iria trazer chuvas repentinas e ventos fortes de até 72 quilómetros por hora, possivelmente provocando deslizamentos de terra e inundações.

Na capital da prefeitura de Shizuoka, a sudoeste de Tóquio, mais de 72 mil pessoas receberam hoje ordem para abandonar as suas casas devido ao risco de deslizamentos de terra.

Desde o início da manhã que a área metropolitana de Tóquio está a ser atingida por chuva e trovões. Alertas de ondas altas em áreas costeiras foram emitidos para a capital, prefeitura de Kanagawa, a sudoeste, e outras áreas próximas.

As autoridades aconselharam ainda a população a não se aproximar de rios ou outros cursos de águas, avisando que os níveis podem subir repentinamente devido às fortes chuvas.

O Japão está no meio das férias de verão, uma época muito popular para o turismo doméstico, mas alguns tiveram que cancelar ou mudar os planos.

O Rock in Japan Festival 2022, que começou há uma semana na província de Chiba, a leste de Tóquio, cancelou o último dia do festival ao ar livre e prometeu o reembolso dos bilhetes para este sábado.

A companhia aérea japonesa All Nippon Airways e a transportadora de baixo custo Skymark Airlines cancelaram alguns voos locais em resposta à tempestade.

Os serviços de comboio de alta velocidade sofreram atrasos e os limites de velocidade nos túneis ferroviários de Shizuoka foram temporariamente reduzidos como medida de precaução. As autoridades alertaram que mais linhas de comboios podem ser afetadas e estradas bloqueadas.

A terceira maior economia do mundo tem visto regularmente mortes e ferimentos causados por tempestades sazonais e chuvas torrenciais que danificam barragens e derrubam telhados e linhas de energia.

Últimas Notícias
Mais Vistos