Mundo

Fogo em Espanha obrigou a retirar 1.500 pessoas de oito aldeias

Loading...
Pela Europa, o cenário repete-se: seca extrema, falta de água e altas temperaturas.

Para além de Portugal, o calor e a seca estão a provocar incêndios noutros países na Europa. Em França, o fogo que forçou mais de 10 mil pessoas a fugirem de casa já está controlado. Em Espanha, mais de 1.500 pessoas foram retiradas de várias aldeias de Saragoça.

O fogo em Espanha agravou-se durante a noite por causa das fortes rajadas de vento. Várias casas estiveram de tal maneira ameaçadas que mais de1.500 pessoas tiveram de ser retiradas da cidade de Añón de Moncayo, em Saragoça.

Para combater o incêndio, foi necessário pedir o apoio de quase 200 militares, que se juntaram aos mais de 300 bombeiros.

Pela Europa, o cenário repete-se: seca extrema, falta de água e altas temperaturas.

Em França, os bombeiros vão continuar em alerta máximo porque o incêndio em Bordéus, apesar de controlado, levanta muitas preocupações com altas possibilidades de surgirem reacendimentos.

A expetativa, dizem os meteorologistas, é que a chuva forte esperada nos próximos dias seja suficiente para aliviar os trabalhos dos mais de 1.100 operacionais apoiados por bombeiros da Alemanha, Roménia, Polónia e Áustria.

Últimas Notícias
Mais Vistos