Mundo

Embaixador português em Doha, no Qatar, foi exonerado

Embaixador português em Doha, no Qatar, foi exonerado
Ministério dos Negócios Estrangeiros
Estava no cargo há dois anos.

O embaixador português em Doha, no Qatar, foi exonerado, avança o jornal Observador. Estava no cargo há dois anos.

António Alves de Carvalho deixa a embaixada depois das declarações polémicas do chefe da missão da embaixada.

Em entrevista à investigação SIC, Manuel Gomes Samuel disse que as pessoas com a pele mais escura estão mais aptas a trabalhar durante mais tempo com temperaturas elevadas.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros garante que a exoneração se trata apenas de uma "rotação habitual".

As declarações polémicas do diplomata português no Qatar

João Gomes Cravinho não esclarece se vai manter em funções o chefe de Missão da Embaixada portuguesa em Doha. Manuel Gomes Samuel disse na Investigação SIC – que pode ver aqui - que as pessoas com a pele mais escura estão mais aptas a trabalhar durante mais tempo sob temperaturas elevadas.

As declarações proferidas, em apreço, não representam a posição oficial deste Ministério. O Ministério dos Negócios Estrangeiros condena, da forma mais veemente possível, qualquer forma de discriminação racial, racismo e xenofobia, sendo o seu combate uma prioridade de Portugal

Esta condenação pública do Governo, da forma mais veemente possível, acontece na sequência das denúncias de casos de racismo e xenofobia no Qatar e a análise dos mesmos, numa entrevista à SIC, por parte do chefe de missão da embaixada portuguesa no Qatar.

Questionado sobre se Manuel Gomes Samuel tem condições para continuar no cargo, o Ministério de João Gomes Cravinho optou por não responder, mas respondeu.

O diplomata está no Qatar desde agosto de 2021. Antes tinha sido cônsul de Portugal no Luxemburgo durante quatro anos.

Loading...
Últimas Notícias
Mais Vistos