Mundo

Tropas chinesas vão realizar exercícios militares na Rússia

Tropas chinesas vão realizar exercícios militares na Rússia
Future Publishing
O Governo chinês indica que esta participação não está relacionada com a situação internacional.

A China planeia enviar tropas para a Rússia para realizarem exercícios militares conjuntos com a Índia, Bielorrússia, Mongólia, Tajiquistão e outros países, adiantou o Ministério da Defesa chinês. A participação da China não estará relacionada com a atual situação internacional e regional. Ao invés, Pequim defende que faz parte de um acordo de cooperação bilateral anual em curso com a Rússia.

Em julho, Moscovo anunciou a realização de exercícios "Vostok" de 30 de agosto a 5 de setembro, enquanto o país suporta uma dispendiosa guerra na Ucrânia.

Entre os objetivos do acordo entre a Rússia e a China estará "aprofundar a cooperação prática e amigável com exércitos dos países participantes, aumentar o nível de colaboração estratégica" e "reforçar a capacidade de resposta a várias ameaças à segurança".

O anúncio da participação de tropas chinesas em exercícios militares, ocorre dias após Pequim ter intensificado manobras militares em torno de Taiwan.

Os Presidentes Xi Jinping e Vladimir Putin têm reforçado os laços e estão a aproximar-se cada vez mais.

No ano passado, a Rússia e a China realizaram exercícios militares conjuntos no Centro-Norte da China, numa operação que contou mais de 10 mil tropas.

Últimas Notícias
Mais Vistos