Mundo

Centenas de apoiantes de Moqtada al-Sadr invadem Palácio da República de Bagdade

Loading...

O líder do principal partido do Iraque anunciou que se ia retirar da vida política,

Pelo menos 12 pessoas morreram durante a invasão do Palácio da República, em Bagdade, por apoiantes do clérigo e líder do principal partido do Iraque. A manifestação contra a decisão de Moqtada al-Sadr de se retirar da vida política levou as forças de segurança a decretaram recolher obrigatório.

Centenas de apoiantes de Moqtada al-Sadr invadiram o Palácio da República, localizado na ultra-segura Zona Verde da capital iraquiana para expressar descontentamento após o clérigo populista iraquiano ter anunciado a sua "retirada definitiva" da política.

As forças de segurança conseguiram retomar o controle do palácio. De acordo com a polícia, 12 pessoas morreram durante as manifestações.

Moqtada al-Sadr anunciou sua saída da cena política no Iraque, perante a crise política que o país árabe vive desde as eleições de outubro de 2021. O anúncio de al-Sadr acontece 48 horas depois dele ter exigido a exclusão da cena política de todos os partidos que atuam no Iraque desde 2003, como condição para superar a crise que se vive desde as legislativas de outubro.

O partido de al-Sadr venceu as eleições, mas conseguiu apenas 73 dos 329 lugares no Parlamento. Tentou uma aliança com outras forças, o que não foi possível devido ao bloqueio dos opositores xiitas, próximos do regime iraniano.

Últimas Notícias
Mais Vistos