Mundo

Papa afirma que "o mundo tem sede de paz" e lembra vítimas da guerra na Ucrânia

Papa afirma que "o mundo tem sede de paz" e lembra vítimas da guerra na Ucrânia
VINCENZO PINTO
Chefe da Igreja Católica viaja, na terça-feira, para o Cazaquistão.

O Papa declarou, este domingo, que "o mundo tem sede de paz" e lembrou o sofrimento das vítimas da guerra na Ucrânia, país para onde o cardeal Konrad Krajewski viajou para transmitir aos ucranianos "a proximidade de Francisco e a Igreja".

Francisco recordou, no final da oração do Angelus na Praça de São Pedro, que na próxima terça-feira viajará para o Cazaquistão. Esta viagem, segundo o Papa, será "uma ocasião para encontrar muitos representantes religiosos e dialogar como irmãos animados pela paz comum, paz de que o nosso mundo tem sede".

Durante a sua estada de três dias no Cazaquistão, que classificou como uma "peregrinação pela paz", Francisco participará no Congresso de Líderes das Religiões Tradicionais Mundiais.

"Nós continuamos a rezar pelo povo ucraniano, para que o Senhor os conforte e dê esperança", referiu também o Papa sobre a guerra na Ucrânia.

"Nestes dias, o cardeal Konrad Krajewski, chefe do Dicastério para o Serviço da Caridade, estará presente para visitar várias comunidades e testemunhar concretamente a proximidade do Papa e da Igreja", declarou.

Últimas Notícias
Mais Vistos