Mundo

Por que razão uma candidata democrata divulgou imagens do parto?

Por que razão uma candidata democrata divulgou imagens do parto?
Reprodução YouTube

Imagens da família, da quinta e do parto do segundo filho de Katie Darling são partilhadas no vídeo do anúncio da campanha. E há, pelo menos, três razões que justificam a partilha: uma delas é o aborto.

“O Louisiana merece mais do que o caminho que estamos a seguir”. A afirmação é clara e até frequente em candidatos a cargos políticos durante as respetivas campanhas. Mas Katie Darling, de 36 anos, foi mais longe no vídeo do anúncio de campanha, que partilhou esta terça-feira e que depressa se tornou viral.

A candidata Democrata ao congresso do Louisiana partilha, no vídeo, imagens da família, da sua quinta e do parto do segundo filho. Mas mais do que as imagens, Katie explica porque decidiu avançar: “Tenho andado preocupada”.

A família de Katie vive de uma agricultura sustentável e, em parte, de subsistência, alimentam-se de muitos produtos que cultivam. Além disso têm também animais, dos quais o marido e a filha cuidam e está a chegar mais ajuda, diz Katie: “Há mais alguém que vai juntar-se a nós”, afirma mostrando que está grávida.

“Mas tenho andado preocupada”, prossegue no vídeo. E porquê? “Devido às fortes e cada vez mais frequentes tempestades provocadas pelas alterações climáticas”, mas também devido “ao baixo desempenho das nossas crianças nas escolas públicas” e sobre ”a nova lei do aborto no Louisiana, uma das mais restritas e severas" nos EUA.

Se as duas primeiras razões apontadas pela candidata norte-americana são uma preocupação à escala global, a questão do aborto apresenta-se como uma importante tomada de posição contra o seu adversário, o republicano Steve Scalise.

Devíamos deixar as mulheres grávidas à vontade e não pôr as suas vidas em risco".

Esta é a explicação para partilhar imagens do parto. Katie conta que passou parte da sua vida em Washington, onde trabalhou sempre por sua conta, tendo começado numa bar e acabado como CEO.

"Agora ajudo enfermeiras porque elas não são só heroínas, são santas”, afirma, antes de concluir: “Sou a Katie e candidato-me ao congresso porque quero um caminho melhor para si, para ela (a filha) e para ele (o filho recém-nascido)”, que surge no fim do vídeo já nos braços da mãe.

Em declarações ao USA Today, Katie Darling acredita que o sucesso, que o anúncio de campanha está a ter, deve-se ao facto de “muitas pessoas se terem reconhecido na minha família e nos desafios que enfrentamos no Louisiana".

Eleições em novembro

No próximo mês, os EUA têm eleições Intercalares. Todos os eleitores norte-americanos elegerão um membro da Câmara dos Representantes, os eleitores de 34 dos 50 Estados elegerão um senador; e eleitores de 36 Estados elegerão um governador.

A importância destas eleições centra-se no facto de que é decidido quem controla as duas Câmaras - Senado e Câmara dos Representantes - nos dois anos seguintes. E são dois também os partidos dominantes: Democratas e Republicanos. No Estado do Louisiana, Katie Darling é a candidata do Partido Democrata.

Últimas Notícias
Mais Vistos