Mundo

Ataque ao Capitólio: comissão diz ter novas provas contra Trump

Loading...

Antigo Presidente dos EUA foi chamado a testemunhar e é agora acusado de "ação premeditada" e de ser o principal responsável pelos acontecimentos.

Donald Trump foi chamado a testemunhar sobre o ataque ao Capitólio e é agora acusado de "ação premeditada" e de ser o principal responsável pelos acontecimentos de janeiro do ano passado. O antigo Presidente dos Estados Unidos acusa a comissão que investiga o caso de ser um “fiasco”.

A comissão da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos não tem qualquer dúvida em relação ao causador da desordem verificada no Capitólio, em 2021. A congressista Liz Cheney aponta Trump como o desencadeador dos protestos e apontou que sem o antigo líder norte-americano “nada disto tinha acontecido”.

A comissão expôs novas provas que acusam Trump nesta matéria e sete democratas, juntamente com dois republicanos, foram unânimes em relação à votação favorável da intimação do antigo Presidente dos EUA para depor.

Donald Trump utilizou a sua própria rede social para expressar o seu desagrado em relação à comissão que o ex-chefe de Estado aponta como sendo um fiasco e que apenas está a dividir o país.

Trump não confirmou se marcará presença no interrogatório mas, segundo a lei norte-americana, se não o fizer é punido com uma pena de 1 a 12 meses de prisão.

Últimas Notícias
Mais Vistos