Mundo

Talibãs mostram túmulo do seu fundador mulá Mohamed Omar

Talibãs mostram túmulo do seu fundador mulá Mohamed Omar
Canva

A informação divulgada pelo porta-voz estava acompanhada de uma imagem oficial do túmulo.

O movimento fundamentalista afegão talibã revelou este domingo publicamente o local onde estão os restos mortais do seu fundador, mulá Mohamed Omar, que morreu em 2013 por doença.

O túmulo está na cidade de Omarzo, na província de Zabul, no Afeganistão, conforme anunciou o porta-voz dos talibã e vice-ministro da Informação, Zabihulá Muyahid, na sua página da rede social Twitter.

A informação divulgada pelo porta-voz estava acompanhada de uma imagem oficial do túmulo, cercado por parte da liderança do poder talibã, nomeadamente pelo primeiro-ministro do regime, mulá Hassan Akhund.

"Foi lido o alcorão sagrado e os cidadãos foram convidados a terminar e a orar pelo mulá", explicou Mujahid.

Os talibã confirmaram, em 2015, a morte do líder e um dos nomes de maior destaque no conflito que eclodiu com a invasão norte-americana do país, em 2001.

Mulá Omar morreu após uma longa doença, presumivelmente tuberculose, contra a qual se debateu durante dois anos, contaram os talibã.

Últimas Notícias
Mais Vistos