Mundo

Boeing assina contrato para fornercer sistemas de orientação para mísseis balísticos dos EUA

Boeing
Boeing
Richard Drew

São cerca de 1,45 mil milhões de euros investidos em sistemas de orientação, no entanto, não é conhecida a quantidade que será entregue pela empresa.

A Boeing ganhou um contrato de 1,6 mil milhões de dólares (1,45 mil milhões de euros) para fornecer aos Estados Unidos da América sistemas de orientação para os mísseis balísticos intercontinentais Minuteman III, anunciou o Pentágono.

Todo o equipamento deve ser entregue até 1 de fevereiro de 2039 e "o trabalho será realizado na Base da Força Aérea de Hill, em Utah", disse, na quarta-feira, o departamento da Defesa norte-americano, que publica diariamente os contratos adjudicados a diferentes fornecedores.

O número específico de sistemas de orientação a serem entregues pela construtora Boeing não está especificado no contrato.

O Minuteman III, em serviço há 50 anos, está equipado com uma ogiva capaz de transportar uma bomba nuclear.

No arsenal nuclear dos EUA, este é o único míssil balístico intercontinental (ICBM) lançado a partir de terra, estando alojado em silos de lançamento em três bases militares no norte dos EUA, Wyoming, Dakota do Norte e Montana.

Últimas Notícias