Olhares pelo Mundo

Carro destruído no massacre de Bucha em exposição em Berlim

(LISI NIESNER/ Reuters)
(LISI NIESNER/ Reuters)
(LISI NIESNER/ Reuters)
O objetivo da mostra "O Testamento de Bucha" é alertar para o flagelo da guerra na Ucrânia que já dura há meio ano.

Um carro destruído no massacre de Bucha, cidade satélite de Kiev, capital da Ucrânia, está em exposição na Kurfürstendamm ou simplesmente Kudamm, como é vulgarmente conhecida uma das avenidas mais conhecidas de Berlim. No momento do ataque, quatro mulheres seguiam na viatura que se pode agora ver nesta rua comercial da capital alemã.

Loading...

"Elas foram baleadas, bombardeadas e queimadas vivas", disse Ulrich Schellenberg, um dos responsáveis pela exposição.

A mostra "O Testamento de Bucha" foi iniciada por dois ucranianos que no momento do ataque integravam a defesa territorial. O objetivo da exposição é alertar para o flagelo da guerra na Ucrânia que já dura há meio ano

Andriy Melnyk, embaixador cessante de Kiev na Alemanha, disse na inauguração que "os responsáveis" podem estar a tomar café nas proximidades. A questão dos vistos para a Alemanha e UE atribuídos a turistas russos está a ser alvo de críticas da oposição alemã

A Ucrânia acusa as forças russas de cometerem atrocidades em Bucha, mas a Rússia nega a acusação

As forças russas invadiram a Ucrânia há seis meses, desencadeando uma guerra que continua sem qualquer perspetiva de terminar em breve. Além de morte e destruição numa dimensão ainda por determinar, a guerra desencadeada a 24 de fevereiro perturbou a distribuição mundial de cereais, de que Ucrânia e Rússia são grandes produtores, fazendo recear uma crise alimentar global.

As mortes de civis em Bucha tornaram-se um símbolo de brutalidade da guerra. As autoridades municipais dizem que 458 corpos foram encontrados na área da cidade satélite de Bucha depois da ocupação russa. As vítimas incluem pelo menos 12 crianças, que na maioria dos casos foram mortas juntamente com os pais.

ESPECIAL GUERRA RÚSSIA-UCRÂNIA

Últimas Notícias