Opinião

Seca severa: "situação não é nova"

Luís Dias, investigador da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa esteve na Edição da Noite para explicar o que poderá estar a causar seca severa em Portugal. O também especialista em alterações climáticas, questionado sobre a possibilidade do anticiclone dos Açores ser o responsável da seca extrema, revela que o mesmo "se encontra mais a norte do que o suposto" estando a causar precipitações nas zonas de França e Londres. A esta altura. Luís Dias afirma que já deveria estar mais a sul mas que "o fenómeno acontece com alguma frequência" e que "pode estar até três anos seguidos na mesma posição". "A situação não é nova" mas que "ainda não há como provar que a causa seja relacionada com alterações climáticas".