Análise

Covid-19. "Governo anunciou medidazinhas, fica a sensação de que são insuficientes e tardias"

Luís Marques Mendes

Luís Marques Mendes

Domingo no Jornal da Noite

Comentador

Luís Marques Mendes analisa, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite de domingo, a obrigatoriedade da StayAway Covid, o estado da pandemia, as escolhas do Orçamento do Estado para 2021 e quem o irá aprovar e a bazuca europeia.

O comentador da SIC considera que a aplicação StayAway Covid é uma ferramenta que pode dar uma "ajudinha", mas não é uma "solução milagrosa".

"Se a obrigatoriedade acontecesse seria um absurdo", afirmou.

Em relação à evolução da pandemia de covid-19 em Portugal, Luís Marques Mendes apelida as novas normas do Governo de "medidazinhas" que são insuficientes e tardias.

"A sensação que fica é de que há uma grande desorientação", defendeu.

Um dos temas que marca a semana é o Orçamento do Estado para 2021. "É um orçamento de incerteza", referiu Marques Mendes, sublinhando a aposta na carga social e a falta de políticas económicas. Para o comentador da SIC, o orçamento será viabilizado à esquerda.

Sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, Luís Marques Mendes nota que, do ponto de vista macro o documento está "excelente", mas que há coisas que mostram "que o país está do avesso".