País

Caos nas urgências de Famalicão

Uma mulher esteve seis dias em observação e à espera de cama na urgência do hospital de Famalicão. A administração diz que foi por decisão clínica e não por falta de camas.