País

Risco máximo de incêndio em oito concelhos do interior Centro e Algarve

Armando Franca

Oito concelhos do interior Centro e do Algarve estão hoje em risco máximo de incêndio, num dia de subida de temperaturas, sobretudo no Sul do país, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponibilizada na página do IPMA na Internet, estão em risco máximo de incêndio os municípios de Marvão e Gavião, no distrito de Portalegre, Abrantes e Ferreira do Zêzere, em Santarém, Vila de Rei, em Castelo Branco, Alviázere e Figueiró dos Vinhos, em Leiria, e Castro Marim e Alcoutim, no distrito de Faro.

Em risco muito elevado de incêndio estão mais de setenta municípios, sobretudo nas regiões Norte e Centro e no Algarve, e outros tantos concelhos no Norte, Centro e em quase toda a região do Alentejo estão em risco elevado.

O IPMA prevê para hoje uma subida da temperatura, sobretudo nas regiões do sul do país, céu geralmente limpo e vento moderado no litoral oeste e nas terras altas.

As temperaturas vão subir até aos 35º Celsius em Beja, 34º em Évora, 33ª em Santarém, 31º em Faro e Portalegre e 30º em Lisboa.
No Porto, em Viana do Castelo, Braga e em Coimbra os termómetros não passarão dos 28º, e em Vila Real a temperatura máxima vai ficar-se pelos 27º.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o "Reduzido" e o "Máximo". O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:48

    País

    Para esta 6ª feira, 1 de setembro de 2017 é esperado céu geralmente limpo e vento moderado no litoral oeste e nas terras altas.