País

Trabalhadores dos hiper e supermercados em greve

Os trabalhadores dos super e hipermercados iniciam hoje uma paralisação de dois dias, juntando-se aos funcionários dos armazéns de distribuição, que já se encontravam em greve desde sexta-feira.

O protesto, convocado pela CGTP, tem como objetivo o aumento de salários, as alterações na carreira e a regulamentação dos horários de trabalho.

Lidl, Minipreço, Continente, Pingo Doce e Jumbo são algumas das superfícies que podem vir a ser afetadas.

Isabel Camarinha, presidente da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores do Comércio, garante que a greve terá uma forte adesão.

  • O 16.º episódio do "Polígrafo SIC"
    25:04