País

Pais denunciam falta de condições no Hospital de São João, no Porto

Os pais das crianças que fazem quimioterapia no Hospital de São João, no Porto, queixam-se da falta de condições da unidade. Ao Jornal de Notícias contam que os filhos, com cancro, fazem os tratamentos de ambulatório num corredor do Hospital porque o Ministério das Finanças ainda não deu luz verde para as obras nesta unidade.

Em março, o Governo anunciou a transferência de 22 milhões de euros para obras na unidade pediátrica, mas a verba ainda não terá sido desbloqueada pelo Ministério das Finanças, escreve o JN.

Atualmente a Unidade de internamento da Oncologia Pediátrica, o "Joãozinho", funciona em contentores, situação que pode, denunciam os pais, agravar o estado de saúde dos doentes.

Alguns pais fizeram chegar estas e outras queixas à administração do São João.

O Hospital responde que tem havido obras de melhoramento e adaptação que começaram há 10 anos e que vão continuar.

  • Drone norte-americano abatido no Irão
    1:22
  • Brincar ao ar livre como remédio natural
    0:21