País

PS avança com projeto-lei que "coloca o doente como o decisor da prática da eutanásia"

PS avança com projeto-lei que "coloca o doente como o decisor da prática da eutanásia"

O PS recusa a eutanásia para doentes inconscientes. É uma das ideias-chave do diploma dos socialistas sobre a morte assistida. Esta tarde, depois da reunião da bancada parlamentar, Carlos César garantiu que vai haver liberdade de voto entre socialistas nesta matéria. E sobre o projeto que o PS vai apresentar explicou que coloca o doente como o responsável pela decisão, em consciência e devidamente esclarecida.