País

PSP demorou três dias a registar a agressão a colombiana no Porto

A PSP demorou três dias a registar a agressão a Nicol Quinayas, a jovem colombiana vítima de racismo na noite de S. João, no Porto. O caso de Nicol está já a ser investigado. O ministro da Administração Interna garante que não vai tolerar fenómenos de violência nem manifestações de cariz racista ou xenófobo.