País

ARS Norte com mais 59 camas nos Cuidados Continuados Integrados

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte assinou esta sexta-feira novos contratos com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, que disponibilizam mais 59 camas.

Em comunicado, a ARS Norte distribuiu-as entre 14 camas na Unidade de Convalescença de Valença, na Unidade Local de Saúde do Alto Minho, 15 na Unidade de Convalescença de Macedo de Cavaleiros, na Unidade Local de Saúde do Nordeste e 20 camas para a Unidade de Longa Duração e Manutenção, na Santa Casa da Misericórdia de Vinhais.

Fruto desta parceria, prossegue a nota de imprensa, passam a estar disponíveis 241 camas de Convalescença, 817 camas de Média Duração e Reabilitação, 1.577 camas de Longa Duração e Manutenção, 25 camas de Cuidados Paliativos e 1.593 lugares de Equipas de Cuidados Continuados Integrados.

Na área da Pediatria, passam a haver dez camas de Cuidados Pediátricos Integrados e dez lugares de Ambulatório Pediátrico, enquanto na da Saúde Mental há 55 lugares em Unidade Socio-Ocupacional, oito visitas/dia em Equipa de Apoio Domiciliário e 14 lugares em Residência Autónoma.

Ainda nesta área, a parceria resultou em 24 lugares de Residência de Apoio Total, seis lugares em Residência de Treino de Autonomia tipo A - Infância e Adolescência e 10 lugares Unidade Socio-Ocupacional infância e adolescência.

Segundo a ARS Norte, a "capacidade total instalada é, agora, de 4.390 camas, a que corresponde um encargo financeiro do Estado, anual, da ordem de 55 milhões de euros".

Lusa

  • “A espera” de uma mãe e uma luta que dura há 10 anos
    22:00