País

Juiz ainda tem de decidir se ex-secretários de Estado vão ou não a julgamento

Lusa

Ministério Público propôs a suspensão provisória do processo que envolve Rocha Andrade, João Vasconcelos e Jorge Costa Oliveira no caso das viagens ao Euro 2016 a convite da Galp.

O Ministério Publico propôs a suspensão provisória do processo e a ap+licação de multas entre os 600 e os 4500 euros a Rocha Andrade, João Vasconcelos e Jorge Costa Oliveira, e aos restantes arguidos dos respetivos gabinetes.

Falta agora a posição do juiz de instrução criminal. Caso decida aceitar a decisão do Ministério Público, o processo é arquivado.

Os ex-secretários de Estado dos Assuntos Fiscais, Indústria e Internacionalização demitiram-se por causa das idas a convite da Galp a jogos da seleção nacional no europeu de França, em 2016.

À SIC, o ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Rocha Andrade diz que não pretende fazer quaisquer comentários sobre o andamento do processo.