País

Greve dos enfermeiros financiada por crowdfunding

ESTELA SILVA

Cada enfermeiro grevista vai receber 42€ por dia do total de 260 mil € angariados

A recolha de fundos na Internet permitiu angariar um um total de 323 mil euros, pelo que cada enfermeiro grevista vai receber 42 euros por dia.

A greve, que começou a 22 de novembro e se arrasta até ao final do mês, afeta os blocos operatórios de cinco grandes hospitais e já fez cancelar mais de 4 mil cirurgias.

Fundo recolhe 22 mil euros em menos de 48 horas para nova paralisação

O objetivo desta segunda fase de recolha de fundos é alcançar 400 mil euros, indicou à Lusa Catarina Barbosa, representante do movimento que se denomina "greve cirúrgica"

A greve, que se iniciou a 22 de novembro e termina a 31 de dezembro, está a decorrer nos blocos operatórios do Centro Hospitalar Universitário de S. João (Porto), no Centro Hospitalar Universitário do Porto, no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte e no Centro Hospitalar de Setúbal.

Os enfermeiros têm apresentado queixas constantes sobre a falta de valorização da sua profissão e sobre as dificuldades das condições de trabalho no Serviço Nacional de Saúde, pretendendo uma carreira, progressões que não têm há 13 anos, bem como a consagração da categoria de enfermeiro especialista.

A paralisação foi convocada pela Associação Sindical Portuguesa de Enfermeiros (ASPE) e pelo Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor).

  • António Costa desvaloriza sondagens favoráveis para o PS
    2:51