País

ASAE vai ter acesso aos dados de quem contribuiu para o crowdfunding dos enfermeiros

PAULO NOVAIS

Proteção de Dados diz que é uma operação necessária.

A Comissão Nacional de Proteção de Dados diz que a ASAE pode aceder às informações de quem contribuiu para o financiamento das greves dos enfermeiros.

A comissão diz que não há qualquer entrave e que é, aliás, uma operação necessária. Assim sendo, a ASAE vai ter acesso aos nomes aos montantes de quem contribuiu para o financiamento da greve dos enfermeiros através da plataforma de crowdfunding.

As doações peça internet ultrapassam os 720 mil euros para financiar os profissionais em greve.