País

Homem agrediu polícia quando o impediu de atacar a mulher

Vítima deu o alerta pelas pelas 19:25 desta terça-feira.

Um homem agrediu um agente da PSP quando este o impediu de atacar a companheira, na segunda-feira, na residência do casal, em Buarcos, no concelho da Figueira da Foz, anunciou esta terça-feira a PSP.

O homem, de 61 anos de idade, foi impedido de agredir a mulher, de 63 anos, na residência de ambos, no concelho da Figueira da Foz (distrito de Coimbra), por um polícia que se deslocou ao local, ao final da tarde de segunda-feira, refere uma nota da Polícia de Segurança Pública (PSP).

"Atendendo a um apelo da vítima", agentes da Esquadra Policial da Figueira da Foz (Comando da PSP de Coimbra) deslocaram-se, pelas 19:25 de segunda-feira à "zona de Buarcos onde havia notícia de violência doméstica".

A vítima encontrava-se, então, "na rua, à entrada da sua casa", onde "relatou que havia sido alvo de agressões por parte do marido", acrescenta a PSP no mesmo comunicado.

"No sentido de apurar os factos", os agentes da polícia "entraram na residência onde encontraram o suspeito bastante exaltado que, não obstante a presença policial, tentou agredir novamente a mulher e só não o conseguiu fazer porque foi travado por um agente", sublinha a PSP.

O suspeito "agrediu ainda um dos elementos policiais, proferindo diversas injúrias e ameaças aos presentes", tendo sido detido, adianta.

"Apesar dos vários alertas e da atenção mediática que lhe tem sido dada, todos os dias somos confrontados" com casos de violência doméstica, "flagelo que afeta a nossa sociedade de uma forma transversal", sublinha a PSP.

Lusa