País

Turista agredida com pedras e facadas na ilha Terceira

Suspeito integrava os serviços florestais da ilha Terceira.

Uma turista francesa foi agredida com gravidade num trilho pedestre, em Angra do Heroísmo, nos Açores, na passada sexta-feira, confirmou esta segunda-feira à agência Lusa fonte do comando regional da Polícia de Segurança Pública (PSP).

A mesma fonte escusou-se a dar mais detalhes, dizendo que já tinha falado com a Antena 1/Açores, que divulgou hoje a notícia.

A turista de 67 anos terá sido abordada por um homem "que utilizou uma pedra e uma faca de forma a concretizar um crime de roubo, tendo sido furtado uns óculos graduados", segundo disse à Antena 1/Açores o comissário Nuno Costa.

A vítima foi "assistida no local", num trilho pedestre, no Monte Brasil, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, e "transportada para a unidade hospitalar", onde continua internada, apesar de já ter saído dos cuidados intensivos.

Segundo Nuno Costa, "o suspeito já foi constituído arguido" e está "com termo de identidade e residência".

Questionada pela Lusa, fonte da secretaria regional da Agricultura e Florestas dos Açores confirmou que o suspeito se encontrava a trabalhar no Monte Brasil e que integrava os serviços florestais da ilha Terceira, que fazem a manutenção do local, ao abrigo de um programa ocupacional, escusando-se a prestar mais declarações.

Lusa

  • “Este despacho não é sobre casas de banho, é sobre pessoas”
    13:47