País

Ruben de Carvalho: das detenções no Estado Novo à criação da Festa do Avante

Ruben de Carvalho: das detenções no Estado Novo à criação da Festa do Avante

Dirigente histórico do PCP morreu aos 74 anos.

Ruben de Carvalho foi um dos pilares da Festa do Avante e dos órgãos de comunicação social do partido.

Não prescindia do humor, mesmo nas conversas mais sérias. E era também com humor que recordava os anos da ditadura. Contava que aos 14 anos já tinha levado pancada da polícia durante uma manifestação, antecipando uma militância política que o levaria à tortura da PIDE. Foi preso seis vezes.

  • As novas tabelas da ADSE
    2:35