País

Enfermeiro entrega ao Governo carta com exigências para a classe

Enfermeiro entrega ao Governo carta com exigências para a classe

Caso o pedido não seja aceite, os enfermeiros ameaçam com um despedimento coletivo.

Duarte Barbosa correu quase 400 quilómetros entre o Porto e a Assembleia da República, em Lisboa. Durante o percurso, recolheu assinaturas em vários hospitais.

A ideia é sensibilizar o Governo para a necessidade de resolver os problemas da classe. Mas se tal não acontecer, até 15 de setembro, avançam para o despedimento.