País

Governo só avança se motoristas de matérias perigosas não cumprirem serviços mínimos

Governo só avança se motoristas de matérias perigosas não cumprirem serviços mínimos

Paralisação está marcada para dia 12 de agosto.

O Governo garante que tem preparado um plano de emergência, caso não sejam cumpridos os serviços mínimos da greve dos motoristas de matérias perigosas, marcada para 12 de agosto.

O sindicato diz que está surpreendido com a decisão do executivo.