País

Arguido no processo do ataque à Academia de Alcochete está em fuga 

Elton Camará destruiu a pulseira eletrónica.

Um dos arguidos que estava em prisão domiciliária pelo ataque à Academia de Alcochete, em maio de 2018, está em fuga. Elton Camará está a ser procurado pelas autoridades, depois de ter destruído e retirado a pulseira eletrónica.

O arguido está acusado de 100 crimes de ameaça agravada, sequestro, ofensa à integridade física qualificada, dano com violência, detenção de arma proibida e de introdução em lugar vedado ao público.

É um dos 44 acusados do processo que aguardam pelo início do julgamento.