País

Rosa Grilo emocionou-se com testemunhos ouvidos em tribunal

Rosa Grilo emocionou-se com testemunhos ouvidos em tribunal

Declarações foram feitas pela advogada, Tânia Reis.

A advogada de Rosa Grilo não quis comentar os depoimentos da quinta sessão de julgamento, mas disse que era natural que Rosa Grilo se emocionasse com alguns dos testemunhos ouvidos, esta terça-feira, em tribunal.

Da parte da manhã, no tribunal de Loures, foram ouvidos os inspetores da judiciária e a empregada de limpeza da família.

Rosa Grilo está a ser julgada pelo homicídio do marido, Luís Grilo, em coautoria com o amante e arguido António Joaquim.

A acusação do Ministério Público sustenta que Luís Grilo foi morto para que os arguidos pudessem assumir a relação amorosa e beneficiassem dos seus bens: 500.000 euros em indemnizações de vários seguros, outros montantes em depósitos bancárias e a habitação.

  • Uma “má vizinhança” que durou 20 anos e um homicida que se diz inocente
    22:23