País

Partidos com um deputado vão poder intervir no debate quinzenal

Partidos com um deputado vão poder intervir no debate quinzenal

Todos os partidos concordam em alterar as regras.

Os partidos com deputado único vão poder falar no debate quinzenal desta quarta-feira.

Todos os partidos com assento parlamentar consensualizaram esta terça-feira intervenções de um minuto e meio para os deputados únicos de Chega, Iniciativa Liberal e Livre.

Assim, André Ventura, João Cotrim de Figueiredo e Joacine Katar-Moreira vão poder interpelar o primeiro-ministro António Costa na discussão, a partir das 15h00, faltando agora o Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, convocar uma conferência de líderes extraordinária para sancionar esta decisão provisória da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias ou estipular ele próprio esta solução.

Os deputados concordaram em atribuir as mesmas regras que foram concedidas ao deputado único do PAN, André Silva, na anterior legislatura aos atuais três deputados únicos de Chega, Iniciativa Liberal e Livre, de forma transitória, até que um grupo de trabalho comece e termine a revisão do regimento da Assembleia da República.