País

Termina sem sucesso 3.º dia de buscas por homem desaparecido em Viana do Castelo

HOMEM DE GOUVEIA

O homem de 64 anos, que desapareceu no sábado a três milhas a oeste de Viana do Castelo, "terá caído à água".

As buscas para encontrar um homem que desapareceu no sábado, enquanto pescava ao largo de Viana do Castelo, terminaram esta segunda-feira cerca das 18:00, sem sucesso, sendo retomadas na terça-feira a partir das 08:00, informou o comandante da capitania local.

Segundo Sameiro Matias as operações contaram hoje com o apoio de uma aeronave da Força Aérea, da corveta "João Roby" que, "nas próximas horas será rendido pelo NRP Sines", do Salva Vidas "Atento" e de lanchas da Polícia Marítima (PM) de Viana do Castelo e Caminha, na sua área de jurisdição.

O comandante da capitania de Viana do Castelo adiantou que as buscas por mar "decorrerem desde Esposende até Caminha e que, em terra, contaram com a participação de cerca de 70 operacionais".

"As buscas foram suspensas cerca das 18:00, mantendo-se no local a corveta "João Roby". As operações serão retomadas, na terça-feira, a partir das 08:00", referiu Sameiro Matias.

O homem de 64 anos, que desapareceu no sábado a três milhas a oeste de Viana do Castelo, "terá caído à água".

O alerta para o desaparecimento do sexagenário foi dado pela mulher, cerca das 16:10, após ter tentado contactar o marido para o telemóvel, mas sem sucesso. Nesse dia, viria a ser encontrado o barco de recreio onde o homem estaria a fazer pesca desportiva e, no seu interior, as autoridades encontraram os telemóveis e outros pertencentes.