País

Manifestantes forçam barreiras policiais junto à Embaixada portuguesa na Praia

FERNANDO DE PINA

Durante a marcha de homenagem ao jovem Luís Giovani.

Mais de um milhar de manifestantes forçaram este sábado todas as barreiras policiais e conseguiram chegar à porta da Embaixada portuguesa na Praia, ilha de Santiago, em Cabo Verde, gerando-se momentos de tensão, constatou a Lusa no local.

Pelas 16:40 locais (mais uma hora em Lisboa), os manifestantes que participavam numa marcha de homenagem ao jovem Luís Giovani, morto em 31 de dezembro, em Bragança, forçaram as barreiras policiais e conseguiram chegar à porta da Embaixada portuguesa.

A polícia reforçou os efetivos e, pela mesma hora, rodeava todo o edifício.

Vivem-se momentos de tensão e os manifestantes gritam "justiça para o Giovani".

Vigílias de homenagem ao estudante cabo-verdiano Luís Giovani estão marcadas para hoje em Lisboa, Bragança, Praia (Cabo Verde), Londres, Paris e no Luxemburgo.

  • 2:23