País

Testemunha relata agressão a motorista em Massamá

Testemunha relata agressão a motorista em Massamá

O motorista terá ficado com ferimentos sobretudo no rosto e na cabeça, como contou à SIC uma testemunha no local.

O motorista de autocarro que denunciou a passageira Claúdia Simões, a mulher que alega ter sido espancada por um agente da PSP, foi agredido ontem em Massamá.


O motorista tinha estacionado o autocarro numa paragem ntem na Avenida 25 de abril, em Massamá, e preparava-se para fazer um novo percurso.

O homem ficou gravemente ferido e foi encaminhado para o Hospital Amadora-Sintra.

No local esteve montado um forte dispositivo policial. A vítima foi inicialmente encaminhada para o Hospital Amadora-Sintra mas, devido à gravidade dos ferimentos, seguiu para o Hospital São Francisco Xavier, onde está internado.

Ao que a SIC apurou, além do uso de força física, o homem foi também esfaqueado.

Fonte da PSP garantiu inicialmente à SIC que a vítima seria o motorista do autocarro que, no passado domingo, denunciou a passageira Cláudia Simões, que alega ter sido espancada pelo agente que a deteve. Contudo, num novo contacto, diz apenas que se trata de um motorista da Vimeca, a mesma empresa do homem envolvido no caso, sem confirmar ou negar que seja o motorista que denunciou Cláudia Simões.

Veja também: