País

Enfermeiros do Norte do país estão hoje em greve

Exigem o descongelamento de carreiras e aumentos salariais.

Os enfermeiros afetos à Administração Regional de Saúde do Norte cumprem hoje um dia de greve e concentram-se, às 11:30, à porta das instalações da entidade, no Porto, em protesto contra a falta de respostas.

A paralisação, convocado pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), iniciou-se às 00:00 e prolonga-se até às 24:00.

Cinco elementos do SEP do Norte reuniram-se na sexta-feira passada com elementos da ARS-Norte no sentido de "fazer o ponto da situação" sobre os problemas que afetam os enfermeiros que trabalham na ARS Norte, não tendo obtido respostas satisfatórias.

Em causa está o descongelamento das progressões, a contagem do tempo de serviço que está para trás, a passagem dos enfermeiros aos 1.201 euros salariais e a transição dos especialistas para a nova carreira.