País

Brasileiro não pôde desembarcar em Lisboa e foi detido com droga ao regressar ao Brasil

Handout .

O resultado dos exames deu positivo para cocaína.

Um brasileiro, que tinha sido impedido de desembarcar em Lisboa, foi detido por tráfico internacional de droga no domingo, no Aeroporto Internacional de São Paulo, quando regressava ao seu país de origem, informaram esta segunda-feira fontes oficiais.

Segundo a Polícia Federal (PF) do Brasil, o brasileiro em causa foi selecionado para uma inspeção de bagagens por funcionários da Receita Federal, que fiscalizavam os passageiros junto aos canais alfandegários.

"Os agentes perceberam que o homem, de 35 anos, havia sido inadmitido ao tentar desembarcar na cidade de Lisboa, em Portugal. Dentro da mala do passageiro foram encontradas 25 peças de tecido e roupas engomadas com uma substância de odor forte, característico da droga cocaína", indicou a PF em comunicado.

Posteriormente, a PF foi acionada e o suspeito conduzido à sede policial, para que o material encontrado passasse por uma perícia.

O resultado dos exames deu positivo para cocaína e o cidadão brasileiro foi detido por tráfico internacional de drogas, de acordo com as autoridades.

"O preso será encaminhado para um presídio estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça", concluiu a PF.

  • Renovação do estado de emergência decidida hoje

    Coronavírus

    O Governo reúne-se esta tarde em Conselho de Ministros extraordinário no Palácio da Ajuda. Ao que a SIC apurou, o encontro vai servir para analisar os termos da renovação do estado de emergência. A decisão será tomada até ao final do dia pelo Presidente da República, depois de falar com o primeiro-ministro e já com o parecer positivo do Governo. Portugal regista 160 mortes e 7.443 casos de Covid-19. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias