País

Saudade, o sintoma do isolamento

Gonçalo Soares

Gonçalo Soares

Editor de Imagem

David Alves

David Alves

Editor de Imagem

A pandemia obrigou ao encerramento dos centros de dia, onde muitos idosos passavam grande parte do tempo. Agora, isolados em casa, anseiam pelo regresso.

A pandemia obrigou ao encerramento dos centros de dia para idosos em todo o país, que continuam ainda sem data para a reabertura.

Os mais velhos são por isso obrigados a ficar em casa, isolados e em muitos casos longe da família. As auxiliares, que prestam apoio ao domicílio, são o único contacto que têm com o exterior.

Estas são as histórias de Maria Alice Alves, de 86 anos, e de Adelaide Brás, de 71 anos. Ambas utentes do Centro de Dia Rainha Santa Isabel, na Amadora, em Lisboa. Anseiam pelo regresso que, para já, não tem data marcada.

  • 14:18
  • 2:34