País

Embarcação com mais de 20 marroquinos intercetada no Algarve

Autoridade Marítima Nacional

Ao largo da praia de Vale do Lobo.

Uma embarcação com 22 pessoas foi intercetada, esta segunda-feira, pela Polícia Marítima de Faro e a Estação Salva-vidas de Quarteira, ao largo da praia de Vale do Lobo, em Loulé.

A interceção ocorreu às 04:50 da madrugada. O grupo de 22 pessoas, que alegaram ser de nacionalidade marroquina, foi avistado por pescadores.

Os migrantes, que terão partido da cidade marroquina de El-Jadida, foram depois acompanhados da embarcação até ao porto de Quarteira, tendo os 22 homens desembarcado e sido encaminhados para a Estação Salva-vidas de Quarteira.

(Autoridade Marítima Nacional)

(Autoridade Marítima Nacional)

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional refere que os migrantes, todos do sexo masculino, "(...) encontram-se a ser observados por uma equipa do INEM e serão efetuados testes de despiste da Covid-19". Os homens estão à guarda do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Este é o quarto desembarque de migrantes no Algarve no espaço de seis meses.

O último aconteceu a 6 de junho, perto de Olhão. A embarcação transportava sete homens, também de origem marroquina.