País

Mais professores por 125 milhões de euros

TIAGO PETINGA

Para o próximo ano letivo.

O Governo vai contratar mais professores e outros profissionais para as escolas para o próximo ano letivo.

O ministro da Educação anunciou esta terça-feira no Parlamento que o pacote financeiro para estas contratações é de 125 milhões de euros.

Prioridade são aulas presenciais

Tiago Brandão Rodrigues disse ainda que o Executivo está a trabalhar para que o regresso às aulas seja presencial, mas admite estarem a ser estudadas outras soluções, caso as condições da pandemia não o permitam.

O arranque do próximo ano letivo deverá acontecer entre 14 e 17 de setembro, considerando que esse calendário dará tempo de preparação à comunidade educativa.

O ministro já tinha assegurado que não há atrasos na preparação do próximo ano.

Marcelo diz que final do ano letivo não foi perfeito, mas foi o possível

Veja também: