País

Médicos criticam atrasos na abertura de concursos

Ministério da Saúde abriu 435 vagas para médicos de família, mas falta concurso para Saúde Pública e Especialidades

O Ministério da Saúde abriu 435 vagas para médicos de família mas ainda falta abrir as vagas para médicos de Saúde Pública e para as Especialidades hospitalares.

Os médicos criticam os atrasos na abertura destes concursos e dizem que há profissionais a desistirem do serviço nacional de saúde e optar pelo privado.

O concurso para a contratação de médicos já devia ter aberto no mês passado, mas só agora é que o Ministério da Saúde desbloqueou o processo e apenas para médicos de família.

  • 21:07