País

Marcelo remete para a DGS definir regras para Festa do Avante

(Arquivo)

MÁRIO CRUZ

Eventos vão depender da evolução da pandemia.

O Presidente da República disse esta sexta-feira que todos os eventos que puderem realizar-se com segurança são bem-vindos.

Sobre a Festa do Avante, que o PCP tem marcada para o início de setembro, Marcelo remeteu para a Direção-Geral da Saúde definir as regras. O Presidente diz que, a seu tempo, depois das férias, tudo isto terá que ter em conta a evolução da pandemia.

"Avante!" garante cumprimento das regras de distanciamento

A organização comunista da Festa do "Avante!" garantiu na terça-feira o escrupuloso cumprimento das regras de distanciamento e higiene sanitárias impostos pelas autoridades, num recinto cuja lotação oficial é de 100 mil pessoas.

Apesar disso, os responsáveis pelo evento evitam adiantar "números" de bilhetes já vendidos, qualquer previsão de visitantes ou mesmo esclarecer se vai haver um limite à entrada de pessoas.

Para já, não está ainda colocada "nenhuma limitação do ponto de vista global à presença [de pessoas] na festa", já que se trata de "um espaço muito amplo, mais aberto, com menos construção do que em anos anteriores, exatamente para permitir maior distanciamento entre as pessoas”, esclarecem.

PCP já tem tudo preparado. Falta pouco mais de um mês para a Festa do Avante

Este ano na Quinta da Atalaia, no Seixal, vão estar abertos espaços que nunca antes estiveram à disposição dos visitantes.

O espaço vai contar com 30 hectares, mais 10 mil metros quadrados do que nas edições anteriores e vão ser criadas mais entradas e saídas para evitar aglomerados. As portas vão abrir mais cedo.