País

DGS e PCP reuniram-se para discutir realização da Festa do Avante

Autoridade de saúde admite que ainda não sabe o número de participantes que estarão presentes no evento.

A Direção-Geral da Saúde e o PCP começaram, esta segunda-feira, a reunir para discutir a realização da Festa do Avante, de 4 a 6 de setembro.

António Sales, secretário-geral da Saúde, afirmou que ainda são desconhecidos o "número de participantes", os "circuitos" e os "acessos" que serão construídos na Quinta da Atalaia.

Têm surgido vozes criticas, relativamente à realização do evento, entre as quais a do ex-ministro da saúde, Adalberto Campos Fernandes, que afirma que "dizer que não" à organização da Festa do Avante, "não é restringir a democracia".

Veja também: