País

Jovem de 14 anos morre numa praia não vigiada a sul da praia da Tocha

Dois banhistas encontravam-se em dificuldades numa zona a sul da praia da Tocha quando o alerta foi dado.

O alerta, recebido através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), dava conta de dois banhistas em dificuldades numa zona a sul da praia da Tocha, em Cantanhede.

Um dos jovens foi resgatado por surfistas que estavam no local. Encontrava-se em paragem cardiorrespiratória, "tendo os elementos do projeto SeaWatch e os nadadores-salvadores de uma praia próxima iniciado as manobras de suporte básico de vida", explica a Autoridade Marítima Nacional.

O outro jovem encontrava-se desaparecido e depois de 30 minutos de buscas foi avistado e retirado da água.

O rapaz resgatado por surfistas "acabou por recuperar, tendo sido transportado por uma ambulância para uma unidade hospitalar", adianta a Autoridade Marítima. O segundo jovem acabou por morrer no local.

"Após cerca de 30 minutos, o jovem desaparecido foi avistado e recuperado pelos elementos do projeto “SeaWatch” (...) Estava também em paragem cardiorrespiratória, não tendo sido possível reverter a situação apesar de todos os esforços, tendo o óbito sido declarado no local", explica a Autoridade Marítima Nacional em comunicado.

Para além dos elementos da Autoridade Marítima Nacional, estiveram envolvidos nas operações de busca e resgate os Bombeiros Voluntários de Cantanhede, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e um psicólogo do INEM.

  • 21:07