País

SIC celebra 28 anos. Aniversário marcado pela aposta no digital

João Venda

João Venda

Repórter de Imagem

Pedro Santos

Pedro Santos

Editor de Imagem

A nova plataforma digital da SIC - Opto - estará disponível em telemóvel, tablet e SMART TV.

A SIC comemora hoje 28 anos e celebra com a apresentação oficial da OPTO, uma plataforma digital, semelhante à Netflix, que vai estar disponível para telemovel, tablet, computador e SMART TV.

Vai ter conteúdos que já passaram em televisão e outros exclusivos, desde novelas, séries, documentários e até noticiários - os "jornais à sua medida" de 10, 15 ou 20 minutos, apresentados todos os dias pelos pivots do Primeiro Jornal e Jornal da Noite da SIC.

A plataforma vai permitir ainda ver os episódios das novelas um dia antes de serem transmitidos em televisão e permite aceder à programação dos últimos 30 dias, ao contrário do que acontece com as "box" da televisão por cabo que apenas deixam puxar sete dias para trás.

Vai também ser possível assistir à emissão em direto da SIC generalista e, no estrangeiro, também à da SIC Notícias.

A nova plataforma

A SIC apresentou esta terça-feira, no dia do 28.º aniversário da estação, o serviço de streaming “OPTO”, a ser lançado em novembro. Uma plataforma que terá conteúdos exclusivos com célebres nomes do humor, ficção e informação portugueses.

Duas versões: uma gratuita e outra premium

Na versão gratuita, os utilizadores poderão contar com centenas de séries, documentários novelas, sketches e outros formatos, sempre com a chancela de qualidade SIC;

Na versão premium, para além destes conteúdos, a possibilidade ainda de ver episódios de novelas antes de estes passarem em antena, 24 horas antes da sua emissão, um ‘catchup’ de 30 dias da SIC generalista e ainda dois noticiários diários com a possibilidade de escolher entre a duração de 10, 15 ou 20 minutos.

Os novos conteúdos

Nas primeiras semanas após o lançamento do serviço, o serviço OPTO SIC terá, em exclusivo, “Esperança”, uma nova série cómica de César Mourão, duas séries dramáticas, “A Generala”, com Soraia Chaves, Margarida Marinho, Vitória Guerra e Carolina Carvalho, baseada numa história real, e “O Clube”, com Sara Matos, Filipa Areosa, Margarida Vila Nova e José Raposo.

Para além disso, formatos originais e imperdíveis de Bruno Nogueira, Ricardo Araújo Pereira e Ljubomir Stanisic, um documentário marcante de Sofia Pinto Coelho, conteúdos informativos apresentados por Clara de Sousa e episódios novos de “Mundo à Vista”.

Em Portugal e no estrangeiro

OPTO SIC será uma plataforma com presença em todo o mundo, com um plano específico para quem subscrever a partir do estrangeiro.

O serviço de streaming será lançado em novembro, mas vai ser possível fazer uma pré-inscrição a partir desta quarta-feira, dia 7 de outubro, em www.opto.sic.pt.

“A SIC opta por estar sempre um passo à frente dos outros. A SIC opta por agarrar nas rédeas do seu destino e não se deixar dominar pelas circunstâncias. A SIC opta por dar ao seu público o que ele quer, quando ele quer e onde quer. A SIC opta por ser o maior produtor e exportador de conteúdos portugueses no mundo. A SIC opta pela curadoria dos seus conteúdos em qualquer plataforma. A SIC opta por criar valor, sempre”, afirma Francisco Pedro Balsemão.