País

Depois da Bárbara, há uma nova depressão no próximo fim de semana

O alerta é do climatologista Mário Marques.

Cinco distritos estão sob aviso vermelho esta terça-feira devido à passagem da depressão Bárbara pelo território português.

O climatologista Mário Marques explica que o país será afetado por chuvas fortes e persistentes, que poderão originar “inundações rápidas”.

Apesar de ser um “fenómeno normal” para a altura do ano, o climatologista diz ainda que podem também ser registados fenómenos locais de vento, como tornados isolados ou rajadas descendentes muito intensas.

NOVA TEMPESTADE NO FINAL DO MÊS

Depois da passagem da depressão Bárbara, o território português terá dois ou três dias de “bom tempo”, mas no fim de semana é esperada uma nova depressão, avisa Mário Marques. Deverá provocar agitação marítima sobretudo a Norte.

Para o fim do mês é esperada a tempestade Epsilon – que está neste momento a nordeste das Bahamas – que poderá circular a oeste dos Açores e atingir a Europa Ocidental.

O aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, vai estar em vigor nos cinco distritos entre as 12:00 e as 18:00 de terça-feira.

PROTEÇÃO CIVIL COLOCA EM ALERTA LARANJA OITO DISTRITOS DEVIDO AO MAU TEMPO


A Proteção Civil anunciou que vai colocar às 00:00 de terça-feira em estado de alerta especial laranja oito distritos do centro e norte do país devido à chuva "forte e persistente" e ao vento.

Lisboa, Santarém, Setúbal, Portalegre, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Porto são oito distritos que vão estar em alerta laranja (o segundo mais grave da escala) entre as 00:00 de terça-feira e as 23:59 de quarta-feira, precisou Alexandre Penha, ajunto de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em conferência de imprensa.

"Fique atento". Proteção Civil envia SMS de prevenção

A Proteção Civil enviou esta segunda-feira mensagens escritas por telemóvel (SMS) para a população dos oito distritos que vão ficar em alerta laranja.

A ANEPC está enviar o SMS preventivo para a população dos distritos que vão estar em alerta laranja, à semelhança do que acontece quando o risco de incêndio rural é elevado.

"Chuva e vento forte nas próximas 48 horas. Risco de inundações. Fique atento. Siga recomendações das autoridades", indica o SMS.

Mais de 390 ocorrências registadas

A Proteção Civil contabilizou 391 ocorrências em Portugal continental até às 20:00 desta segunda-feira, relacionadas com o mau tempo, maioritariamente inundações e quedas de árvores e estruturas, mas sem registo de feridos.

O último balanço feito pela ANEPC sobre as ocorrências relacionadas com a passagem da depressão Bárbara dá conta de que Lisboa é o distrito mais afetado pelo mau tempo (com 149 das 391 ocorrências), seguido por Leiria, Guarda, Coimbra, Setúbal e Porto.

Veja também:

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias