País

Hospital de Loures oferece vales a trabalhadores que consigam angariar enfermeiros

Marco Neiva

Marco Neiva

Editor de Imagem

Ordem dos Enfermeiros defende que iniciativas deste tipo envergonham e não dignificam a profissão.

O Hospital Beatriz Ângelo está a oferecer vales de compras aos trabalhadores que consigam angariar enfermeiros para a instituição. Já chegaram várias queixas à Ordem dos Enfermeiros, que defende que iniciativas deste tipo não dignificam a profissão.

O que é proposto?

A proposta chegou esta semana aos enfermeiros do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures. O objectivo é sugerir colegas para reforçar o serviço de enfermagem. A recompensa são cartões de compras que vão dos 100 aos 250 euros, dependendo do tempo que a pessoa que tenham sugerido ficar na instituição.

Em comunicado, o Grupo Luz Saúde defende que a ideia já tinha sido utilizada, por exemplo, por operadores privados da Saúde em Portugal, e pelo róprio próprio Serviço Nacional de Saúde britânico.

Diz que os tais vales de compras se tratam de um incentivo para os enfermeiros do grupo que se disponham a ser embaixadores dos hospitais e garante que respeita "profundamente" os enfemeiros e dignifica, acima de tudo, a sua função e carreira nos hospitais do grupo.

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes