País

Lançado livro com 40 testemunhos no dia em que se assinalam os 40 anos da morte de Sá Carneiro

Presidentes do PSD e do CDS-PP participaram na missa evocativa de Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, na Basílica da Estrela.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou esta sexta-feira frustrante que a justiça nunca tenha conseguido provar se Camarate foi acidente ou crime.

No dia em que se assinalam 40 anos da morte de Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, o Presidente da República juntou-se a Rui Rio e a vários antigos líderes do PSD e do CDS, no lançamento de um livro com testemunhos sobre o antigo primeiro-ministro e fundador do PSD.

Na cerimónia, Marcelo sublinhou a coragem de um homem que teve sempre razão antes de tempo. Rui Rio acrescentou a competência, a seriedade e a convicção de que, se Sá Carneiro fosse vivo, não resistiria a voltar à vida política.

  • 1:45