País

Lançado livro com 40 testemunhos no dia em que se assinalam os 40 anos da morte de Sá Carneiro

Presidentes do PSD e do CDS-PP participaram na missa evocativa de Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, na Basílica da Estrela.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou esta sexta-feira frustrante que a justiça nunca tenha conseguido provar se Camarate foi acidente ou crime.

No dia em que se assinalam 40 anos da morte de Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, o Presidente da República juntou-se a Rui Rio e a vários antigos líderes do PSD e do CDS, no lançamento de um livro com testemunhos sobre o antigo primeiro-ministro e fundador do PSD.

Na cerimónia, Marcelo sublinhou a coragem de um homem que teve sempre razão antes de tempo. Rui Rio acrescentou a competência, a seriedade e a convicção de que, se Sá Carneiro fosse vivo, não resistiria a voltar à vida política.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão